Acupunturista.net

 

ACUPUNTURA E O EQUILÍBRIO EMOCIONAL


No mundo moderno, a Acupuntura tem conquistado, cada vez mais, espaço e adeptos. Porém, muitas pessoas ainda não tem uma noção clara sobre como ela funciona. A acupuntura é uma técnica de tratamento da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), que consiste no estímulo de pontos determinados da superfície da pele, localizados nos meridianos (canais de energia), com o objetivo de equilibrar a energia vital (Qi) do ser humano. Podem ser utilizadas neste processo agulhas, ventosas, massagens, e até o calor (moxabustão).

A saúde depende de inúmeras interações possíveis entre o ambiente, as emoções, a alimentação e o estilo de vida de cada um. O equilíbrio entre o indivíduo e o meio não é estático, mas dinâmico como a própria natureza. O corpo adoece quando perde seu poder de se adaptar ao meio externo.

Dentro da concepção chinesa, a doença é uma manifestação de desequilíbrio dessa energia, e a acupuntura seria uma forma de readquirir a harmonia perdida. Conforme a MTC, os fatores de adoecimento podem ser de origem interna, externas, ou ambas. São considerados fatores internos a estrutura genética e hereditária, o modo de vida e os sentimentos. Os fatores externos dependem do clima, em suas manifestações, e do meio ambiente.

Dentre os fatores de adoecimento internos estão as emoções. As emoções em si não são causadoras de doenças, pois são inerentes a natureza humana. É normal que as pessoas sintam uma variedade de emoções em diferentes circunstâncias. Porém quando as emoções são prolongadas, intensas, reprimidas ou não admitidas, afetam o equilíbrio interno do indivíduo, levando a uma alteração do fluxo de energia, tornando-se causas de desarmonia nos órgãos e vísceras, gerando doenças. Da mesma maneira, as desordens de órgãos e vísceras geram alterações emocionais e distorção da realidade.

Com a abordagem psicossomática e as terapias com enfoque corporal, passou-se a acreditar que as doenças físicas como gastrite, cefaléia, dores articulares e o câncer teriam como base alterações emocionais. A doença não surge de uma hora para outra; é fruto de uma sucessão de experiências estressantes acompanhadas por uma fragilidade do mecanismo de proteção.

O acupunturista está sempre atento ao aspecto emocional de seu paciente, que pode ser gerador de patologias internas ou agravador de doenças já existentes. Com a acupuntura busca-se tratar a pessoa como um todo, a origem dos problemas, e não apenas um sintoma específico. Por este motivo dá-se tanta importância as desordens emocionais do paciente, além das queixas físicas.

É um tratamento eficiente em distúrbios como insônia, ansiedade, falta de libido, dores, até doenças mais complexas como síndrome do pânico, depressão, entre outras. A acupuntura promove o equilíbrio físico e mental, aumentando a produção de endorfina e serotonina, responsáveis pela sensação de bem estar, sem agredir o corpo e a mente.

 

Por: HELENI CRISTIANE MEDINA METTIFOGO

http://www.acupunturista.net/professional/458/heleni-cristiane-medina-mettifogo/




Compartilhe:

Mais Textos sobre MTC e Acupuntura


Voltar

Área do Acupunturista

Encontre um profissional

Acupunturista em Destaque

SINVAL ANDRADE DOS SANTOS

Escola em Destaque

CREAT - CENTRO REGIONAL DE ESTUDOS AVANÇADOS EM TERAPIAS

Pergunte ao Acupunturista

Dr Tang

» PERGUNTA:

Gostaria de saber se a acupuntura ou a eletroacupuntura podem tratar problemas de suor excessivo. Problemas de tireoide, já operada, mas como efeito colateral a transpiração muito forte. Maria

» RESPOSTA:

O tratamento da transpiração excessiva, ou hiperidrose, através da acupuntura apresenta excelentes resultados: dentro de uma visão da MTC (Medicina Tradicional Chinesa), procuramos eliminar a doença, e não apenas aliviar ... Ler resposta completa »

Clique e faça sua pergunta!

Nossos Parceiros